Bahia, 17 de Setembro de 2019
Por: Jackson Domiciano
19/04/2016 - 09:16:00

A entrevista do ex-prefeito de Eunápolis, Paulo Dapé, nesta terca-feira, 19, na rádio 98 FM, ganha repercussão nos bastidores da política local. Dapé estava certo que o PMDB vai governar o Brasil, com o impeachment de Dilma. Invocou o deputado federal Lúciio Vieira Lima, bem como, o prefeito de Salvador, ACM Neto, apontando-o como o melhor gestor do Brasil.
Mais adiante, ele criticou o Governo Federal, dizendo que é a pior imcompetencia da história.  Foi adiante, e teceu duras criticas ao governador Ruy Costa. Ressaltou que Ruy não gosta de Eunápolis. Que abandonou este municipio. Denunciou que o governado se beneficiou de esquemas, arrancando dinheiro das empreiteiras para alimentar a sua campanha. "Os prefeitos ficam embevecidos com a presenca de Ruy. Na verdade, abandonou o Estado", detonou..
O ex-gestor criticou a vinda do goverrnador a Eunápolis. "O que Rui Costa vem fazer aqui? Ele detesta esta cidade. Detesta o prefeito Neto. Rui sempre diz não quando as coisas sao de interesse desta terra. É arrogante e perseguidor. Não constrói nada. Seu lema, Educar para Transformar, não é verdade. Veja por exemplo, as escolas estaduais de nossa cidade. Ele é um engodo, como foi o Governo da presidente Dilma", detonou.
Ainda em sua entrevista, Dapé falou sobre a política local, e a possibilidade de haver delações relacionadas a gastos públicos no município eunapolitano. Um dos temas mais citados pelo ex-prefeito foi a implantação da UTI no HGE, segundo ele, um ato meramente politiqueiro. "A lava jato vai passar por Eunápolis. Pior que a lava jato da Petrobras. O município arrecadou nos governos de Robério e nos mais de tres anos de Neto, mais de R$ 3 bilhoes. Nem Roberio e nem Neto serão adversários para Cordélia, terão que arranjar outro nome. Sem o poder já damos trabalho, imaginem com o poder político que Deus está nos permitindo", finalizou Dapé.

Veja + Notícias/Política