Bahia, 19 de Maio de 2024
Por: CNN Brasil
26/12/2023 - 06:52:55

Veículos elétricos têm 79% mais problemas que outros carros, conforme a última pesquisa anual de confiabilidade automotiva da Consumer Report. Mas a questão não é realmente por serem elétricos, disse Jake Fisher, diretor do centro de testes automotivos do grupo.

As montadoras não tiveram anos para resolver todos os problemas, como acontece com os modelos que vêm sendo produzindo há mais tempo.

Além disso, os veículos elétricos tendem a ser modelos de preço mais alto, com recursos tecnológicos mais sofisticados, desde sensores de segurança adicionais até mais dispositivos e acessórios. Todos esses recursos sofisticados apresentam mais oportunidades para que algo dê errado.

“Se você observar os veículos elétricos, eles tendem a ser muito carregados com novas tecnologias, todos os aparelhos e telas mais recentes”, disse Fisher.

Os proprietários também relatam problemas com baterias e carregamento, mas isso é, em grande parte, resultado da novidade desses veículos, disse Fisher. Não é que a tecnologia seja inerentemente problemática.

“Se todos os fabricantes estivessem construindo carros elétricos por 100 anos e, de repente, um deles decidisse construir um motor de combustão interna com uma transmissão, haveria muitos problemas”, afirma o especialista.

A Consumer Reports pesquisa anualmente com seus assinantes sobre suas experiências com 330 mil veículos individuais. Os resultados são calculados com base nos dados combinados dos três anos mais recentes.

Para modelos muito novos, os dados de confiabilidade anteriores do fabricante, em geral, podem ser usados para complementar as informações.

As picapes elétricas, em particular, tendem a se sair pior na pesquisa de confiabilidade. Isso se deve ao fato de elas estarem no grupo de dois tipos de veículos particularmente não confiáveis, os elétricos e as picapes.

No entanto, nem todos os veículos elétricos são tão pouco confiáveis, segundo os dados da pesquisa.

O Tesla Model 3 e o Model Y, bem como o Ford Mustang Mach-E, por exemplo, têm confiabilidade média esperada. O Nissan Ariya e o Hyundai Ioniq 6 têm confiabilidade esperada melhor do que a mediana.

Os modelos menos confiáveis, em média, foram os híbridos plug-in. O motivo disso é que, com motores a gasolina, motores elétricos e sistemas de carregamento, eles são vulneráveis a todas as coisas que podem dar errado em um veículo a gasolina ou elétrico.

Os híbridos que não são conectados à tomada, por outro lado, foram os veículos mais confiáveis de todos. Isso se deve, na maioria, às empresas que os fabricam, como Toyota, Honda, Hyundai e Kia, pontua o especialista.

Veja + Reportagem Especial