Bahia, 18 de Julho de 2024
POLÍTICA/EUNÁPOLIS

Ex-prefeito e pré-candidato do Avante, Neto Guerrieri sofre condenação pela 1ª Vara da Fazenda Pública da Comarca de Eunápolis
O ex-prefeito de Eunápolis e pré-candidato do Avante, representando a terceira via na política local, Neto Guerrieri, sofreu mais um duro golpe na justiça pela 1ª Vara da Fazenda Pública da Comarca de Eunápolis. Ele terá de ressarcir aos cofres públicos mais de R$ 100 mil, valores corrigidos que estão sendo executados pelo ente público com bloqueio de bens e valores, a título de pagamento de multa relacionada à rejeição das suas contas públicas pelo TCM e Câmara Municipal. A multa imposta pelo TCM teve sua execução fiscal pelo município para efetuar a dívida inicial de R$ 55 mil, que, corrigida, soma a cifra de R$ 103.000,00 (cento e três mil reais) em valores atuais. O valor cobrado é fruto das suas contas rejeitadas, e apesar das intimações, ele não foi localizado.
Por: Texto agazebahia.com informações CDN24horas
09/07/2024 - 05:36:35

O ex-prefeito de Eunápolis e pré-candidato do Avante, representando a terceira via na política local, Neto Guerrieri, sofreu mais um duro golpe na justiça pela 1ª Vara da Fazenda Pública da Comarca de Eunápolis. Ele terá de ressarcir aos cofres públicos mais de R$ 100 mil, valores corrigidos que estão sendo executados pelo ente público com bloqueio de bens e valores, a título de pagamento de multa relacionada à rejeição das suas contas públicas pelo TCM e Câmara Municipal.

A multa imposta pelo TCM teve sua execução fiscal pelo município para efetuar a dívida inicial de R$ 55 mil, que, corrigida, soma a cifra de R$ 103.000,00 (cento e três mil reais) em valores atuais. O valor cobrado é fruto das suas contas rejeitadas, e apesar das intimações, ele não foi localizado.

O ex-prefeito se gabava de que não tinha contas rejeitadas e não devia nada à justiça, mas, ultimamente está sendo desmascarado por decisões da Justiça Federal e agora pela 1ª Vara da Fazenda Pública.

O jornal A Tarde postou na Coluna O Carrasco que o pré-candidato do Avante poderá desistir e fazer alianças com a prefeita Cordélia Torres. Este fato foi desmentido pelo presidente do Avante no município, Kaká Resolve, afirmando que qualquer fato nesse sentido será comunicado à imprensa.

Fac-símile de Aviso de recebimento.

Veja + Notícias/Geral