Bahia, 21 de Abril de 2024
Por: Ascom
02/03/2024 - 06:43:17

Nesta sexta-feira (01), o Bispo Diocesano Dom José Edson Santana Oliveira recebeu a Comenda 2 de Julho, a mais alta honraria da Assembleia Legislativa da Bahia, em reconhecimento aos seus notáveis serviços à sociedade baiana. 

A proposição foi feita pela deputada Cláudia Oliveira (PSD) e a cerimônia ocorreu no Plenário da Assembleia Legislativa, em Salvador. Em seu discurso na sessão, Cláudia observou que dom José Edson é reconhecido sobretudo pelo grande incentivo à formação de novas pastorais e movimentos. 

“Através de sua vocação sacerdotal, ele assume a missão pastoral de levar aos ciganos os braços da igreja Católica, fazendo não somente o trabalho de evangelizar, mas incentivando a manutenção de suas tradições culturais e a busca por promover uma maior interação entre estes e a sociedade”, contou a deputada. 

Na sessão, a parlamentar lembrou a trajetória do homenageado – que é bacharel em Teologia pela Universidade Católica de Salvador e em Filosofia pela Faculdade Salesiana - na Igreja Católica. De acordo com ela, o religioso ordenou-se diácono em dezembro de 1977 na Catedral de Santana. Em setembro de 1988, recebe o título de monsenhor em reconhecimento à sua atuação como sacerdote. Em junho de 1996, ele finalmente é nomeado bispo na recém-criada Diocese de Eunápolis. 

“Dom José Edson ao longo desses 27 anos vem contribuindo sobremaneira para o desenvolvimento regional, bem como para o fortalecimento espiritual daqueles que têm o privilégio de tê-lo como Pai na fé. Figura pública, autoridade eclesial, com trajetória marcada pelo recebimento de vários títulos honoríficos em âmbito internacional e nacional; homem de gestos simples, sorriso largo e coração de um pai amoroso”, concluiu a deputada. 

Dom José Edson agradeceu pela homenagem e expressou o significado da Comenda 2 Julho com todos que o ajudaram na missão de humanizar e evangelizar ao longo de sua trajetória. 

“Recebo, com imensa alegria e gratidão, a Comenda 2 de julho, na incessante defesa da cidadania, dos interesses coletivos e do bem-estar comum. Os senhores demonstram, por meio de atitudes expressivas como a de hoje, que, embora o Estado seja laico, não é desprovido de fé. Receber a Comenda simboliza em minha vida, não apenas um reconhecimento, mas principalmente uma responsabilidade de honrar a confiança depositada em mim e no testemunho que deve perpetuar como um valor inseparável da minha essência”, disse o Bispo. 

Além dos deputados, participaram da sessão especial o assessor de Relações Institucionais do Estado, Yulo Oiticica; o bispo auxiliar da Arquidiocese de Salvador, dom Dorival Souza Barreto Júnior; a defensora pública Mônica Aragão, o ex-prefeito de Eunápolis, Robério Oliveira; a integrante da Pastoral dos Nômades de Porto Seguro, Edvalda Bispo Santos, prefeitos, vereadores e praticantes da fé católica da região.

Veja + Notícias/Geral