Bahia, 20 de Outubro de 2021
Por: agazetabahia
23/09/2021 - 06:38:27

O prefeito do município de Itagimirim, Luiz Carlos Júnior Silva, conhecido como Luizinho, pode estar envolvido em um dos maiores escândalos de corrupção da região.

O fio desse emaranhado de suspeitas teve início na manhã desta quarta-feira, 22, quando os representantes das empresas Viver Empreendimentos e Serviços;  e Royalle Construções e Serviços, participantes da licitação  para contratação da reforma do Colégio Othoniel Ferreira dos Santos, levantaram suspeitas de que os envelopes com as devidas propostas de preços, haviam sido violados.
Após levantadas as suspeitas, a Comissão de Licitação definiu encaminhar os envelopes para os órgãos competentes investigarem e periciarem os documentos.

Os representantes da empresa Viver, alegarem que os envelopes foram violados com o único objetivo de tornar ganhadora do certame a empresa Icar Construtora e Locações, que tem como representante, o senhor Antônio Carlos Júnior, conhecido como Júnior, acusado de ser amigo pessoal do prefeito Luizinho, e membro de um esquema, onde somente a Icar é a ganhadora da maioria dos contratos com o município, em conluio com o gestor.

Apontam ainda, que o Júnior, também conhecido como Camamu, tem poderes sobre a Comissão de Licitação, ditando as regras, dando palpites e fazendo interferências juntos aos membros da referia comissão.
Representante da empresa Viver alega que os envelopes foram violados com o único objetivo de beneficiar a empresa Icar, e estão decididos e denunciarem o fato junto à Polícia Federal, Ministério Público Estadual e Federal.

Fato grave envolvendo o prefeito Luizinho

O prefeito de Itagimirim, Luizinho foi flagrado na semana passada, pilotando um carro de luxo Jeep Campass, e estacionando nas imediações da Prefeitura.

Até aí, tudo bem, se o veículo também não fosse pilotado pelo empresário Antônio Carlos Júnior, conhecido como Júnior, o mesmo representante da empresa Icar, que passa a ser denunciada pelos representes da empresa Viver Empreendimentos de ser a ganhadora da maioria dos contratos com a Prefeitura.
O mais grave ainda, é que o referido Jeep Compass pertence à empresa A&N Empreendimentos, ganhadora de contrato com a Prefeitura para locação de máquinas e equipamentos pesados e outros.

Existem graves suspeitas também, que a referida empresa está em nome da mãe de Antônio Carlos Júnior, o Júnior, representante daquele da outra empresa Icar Construtora.
Durante a abertura do envelopes, na manhã desta quarta-feira, 22, nossa reportagem conversou com a presidente da Comissão de Licitação da Prefeitura de Itagimirim, Consuélia Pereira da Silva sobre as possíveis violações dos envelopes, ela disse que os mesmos, após as verificações serão encaminhados para as autoridades e órgãos públicos investigativos.

Veja + Notícias/Geral