Bahia, 16 de Fevereiro de 2020
Por: A Gazeta Bahia / informações Bahia Noticias
12/02/2020 - 14:44:22

Conforme matéria postada no site Bahianoticias, a Defensoria Pública da União na Bahia, ajuizou uma ação civil pública contra suposta fraude nas cotas para ingresso de estudantes da Universidade Federal da Bahia.

Alunos denunciaram que alguns selecionados, autodeclarados pardos/negros não possuem fenótipos condizentes com as cotas. Ou seja. Estão trambicando.

Vários matérias já foram publicadas sobre este tema. No nosso entendimento, essa questão deve ser passada por um pente fino, e com rigor. Nem sempre o pardo e preto precisam entrar nas faculdades através de cotas. Têm negros e pardos filhos de pais bem sucedidos financeiramente. No entanto, têm brancos que nasceram na pobreza e estão buscando um espaço na Educação.

Veja + Comentários do Tomás