Bahia, 07 de Abril de 2020
POLÍTICA

Itamaraju: Vereadores protocolam pedido de afastamento do prefeito; MP investiga o caso
Vereadores de Itamaraju, no Extremo Sul do estado, protocolaram no Ministério Público um pedido de afastamento do prefeito Marcelo Angênica (PSDB), no dia 19 de dezembro de 2019. Conforme apuração do Bahia Notícias, a promotoria viu que a representação tinha elementos e abriu um procedimento preparatório para investigação do caso.
Por: Bahia Notícias
28/01/2020 - 08:05:19

Vereadores de Itamaraju, no Extremo Sul do estado, protocolaram no Ministério Público um pedido de afastamento do prefeito Marcelo Angênica (PSDB), no dia 19 de dezembro de 2019. Conforme apuração do Bahia Notícias, a promotoria viu que a representação tinha elementos e abriu um procedimento preparatório para investigação do caso.

Segundo informações do portal Siga a Notícia, o documento aponta que Angênica orquestrou várias ações na tentativa de impedir a instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar a prefeitura e seu secretário de Obras, Antônio Charbel, por suposto crime de falsificação de documentos públicos e fraude em licitação.

A representação foi assinada pelos vereadores Egnaldo Fernandes (PSDB), Marcão da CUT (PT), Cristina do Regional (Solidariedade) e Evando Rodrigues (Solidariedade), podendo resultar no afastamento cautelar do prefeito por um período de até seis meses, visando assegurar a independência dos trabalhos do legislativo municipal e os avanços dos trabalhos CPI.

Os parlamentares afirmam que, apesar da CPI ter sido aprovada pelos vereadores há dois meses, nenhum ato referente a criação da mesma foi publicado no Diário Oficial da Câmara. A casa legislativa está em recesso e retornará a seu expediente normal no próximo dia 18 de fevereiro.

Veja + Notícias/Geral
TRANSPORTE / CORONAVÍRUS

Governo da Bahia suspende transporte intermunicipal nos municípios de Eunápolis e Belmonte; já são 45 cidades
O governador Rui Costa assinou, nesta quinta-feira (2), um decreto que suspende, a partir deste sábado (4), a circulação, a saída e a chegada de qualquer transporte coletivo intermunicipal, público e privado, rodoviário e hidroviário.