Bahia, 21 de Outubro de 2019
TECNOLOGIA E TURISMO

Hackathon+ Porto Seguro: maratona tecnológica traz soluções para a melhoria da experiência do turismo no destino
Um final de semana regado a muitos desafios, inovações, tecnologia e turismo. Em trinta e três horas, os maratonistas do Hackathon+ Porto Seguro entregaram grandes ideias, pensadas para o desenvolvimento da melhoria da experiência do turista em Porto Seguro. O evento, que aconteceu no Porto Seguro Eco Bahia Hotel, durante os dias 21 e 22 de setembro, é uma realização da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo e SEBRAE, através do Projeto Investe Turismo, fruto de parceria nacional com EMBRATUR e Ministério do Turismo.
Por: Ascom - Prefeitura de Porto Seguro
24/09/2019 - 08:05:02

Um final de semana regado a muitos desafios, inovações, tecnologia e turismo. Em trinta e três horas, os maratonistas do Hackathon+ Porto Seguro entregaram grandes ideias, pensadas para o desenvolvimento da melhoria da experiência do turista em Porto Seguro. O evento, que aconteceu no Porto Seguro Eco Bahia Hotel, durante os dias 21 e 22 de setembro, é uma realização da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo e SEBRAE, através do Projeto Investe Turismo, fruto de parceria nacional com EMBRATUR e Ministério do Turismo.

Durante a maratona, foram realizadas palestras, capacitações e visitas técnicas para aproximarem os competidores aos turistas da cidade. Contribuições também foram feitas por mentores dos temas negócios, design e problemas. Encerrada a maratona, os participantes tiveram 3 minutos para o Pitch dos projetos e 4 minutos para perguntas e respostas, que foram avaliados pelos jurados, que tiveram como critérios de avaliação a inovação, viabilidade, poder de escala e tecnologia.

Para a prefeita do município, Cláudia Oliveira, a inciativa é imensuravelmente proveitosa. "Parabenizo a todos os participantes desta maratona de desenvolvimento tecnológico objetivando aprimorar ainda mais a oferta de turismo do nosso destino e tenho certeza que dos projetos, tiraremos bons frutos", pontuou a gestora ao destacar a importância da participação dos parceiros na realização do evento.

Dos cinco projetos nascidos na maratona, três foram premiados. Em primeiro lugar, o Viva+ Porto, uma plataforma remota que traça perfil do usuário e disponibiliza rota de visitação personalizada. Há também sistema de avaliação de experiências e moeda digital "Porto Coins" a ser usada localmente. A equipe foi premiada com R$3.000,00, passagens, hospedagens e inscrição para o CASE, maior evento de startups da América Latina, horas no SebraeLab, espaço colabore em Salvador, mentorias, consultorias e licenças para utilização da plataforma Cronapp.

Em segundo lugar, Métricas Tur, uma aplicação web que captura informações em tempo real através de leitura de QR Code, utiliza ferramentas de gameficação e rede de descontos; e em terceiro lugar, o Trible – mobilidade + turismo, um aplicativo que integra locação de bicicletas compartilhadas, com monitoramento por GPS e oferece rotas personalizadas focadas na experiência de mobilidade do usuário.

Satisfeito com os resultados desse grande evento, o secretário de Cultura e Turismo de Porto Seguro, Paulo Cesar Magalhães, acredita no potencial dos projetos gerados. "Todas as ideias colocadas a prova foram extremamente inspiradoras e de grande valia para o nosso Destino. Nosso turismo e os turistas serão extremamente beneficiados com essa experiência', conta Paulo Cesar.

O maratonista Luis Claúdio, de 26 anos, natural de Salvador, experiente em Hackathons, integrante do grupo vencedor contou ter vivido "uma experiência incrível. Pude conhecer Porto Seguro e de alguma maneira contribuir para o desenvolvimento do turismo na cidade, que é muito especial. O evento foi maravilhoso". Para Pedro Hugo, 27 anos, natural de Cabo Frio, iniciante no mundo das maratonas tecnológicas, "foi um momento muito bom também para networking. Apesar de ser minha primeira vez num hackathon, sempre fui ligado ao empreendedorismo e foi uma ótima surpresa ter levado o terceiro lugar", contou.

O Hackathon+ Porto Seguro contou com a parceira da Rede+, Agência 4, Porto Seguro Eco Bahia e Cronapp e patrocinado pelo Senac, ABIH, AR Turismo, Outcenter, ESPM, Subway, Bob's, Domino's Pizza, Grupo Hills, Águia Branca, Hotel Floral Inn Family e Cambuí.

Conheça os outros projetos

Os outros dois projetos que concorreram foram Jornada do Redescobrimento, uma plataforma online para estimular e personalizar a experiência turística em Porto Seguro por meio da gameficação; e PS Profile, aplicativo multilingual que integra rotas personalizadas, leitura de QR code, rede de descontos e CRM com direcionamento de avaliações aos parceiros envolvidos.

Sobre o Hackathon

O Hackathon é uma maratona tecnológica para desenvolverem soluções criativas de forma colaborativa a cerca de um tema específico. No Hackathon+ Porto Seguro, o tema trabalhado foi "Melhoria da Experiência Turística em Porto Seguro" e os desafios trabalhados foram mobilidade, sistema de informação ao turista e monitoramento de informações para tomada de decisões.

Veja + Notícias/Geral
SAÚDE

Plástica ocular tem sido cada vez mais procurada por pacientes que almejam melhorar autoestima e também tratar de algumas doenças
Os olhos são a janela para o mundo, parafraseando o clichê, e o olhar pode desvendar a idade dos donos. Isso porque é justamente nessa região que começam a aparecer os primeiros sinais do envelhecimento. E, para driblar os efeitos naturais do tempo, muitas pessoas estão buscando por procedimentos estéticos minimamente invasivos, que restaurem características joviais e melhorem a autoestima: as chamadas Plásticas Oculares ou Oculoplástica.