Bahia, 26 de Março de 2019
Por: Secom Eunápolis
19/02/2019 - 14:52:59

Para garantir o início das aulas e evitar o prejuízo aos cerca de 20 mil alunos da rede municipal de ensino de Eunápolis, o prefeito Robério Oliveira assinou na noite desta segunda-feira (18/02) um acordo com a APLB - Sindicato que define o fim da greve e o início do ano letivo para esta terça-feira (19/02) nas 43 escolas do município.

O acordo prevê a criação de uma Comissão Paritária destinada ao acompanhamento da lotação de todos os professores e estudo do impacto das duas situações (Decreto e proposta da APLB) na folha de pagamento e no orçamento Municipal. A Comissão será composta por 03 representantes da administração municipal, 01 representante do Ministério Público Federal; 01 representante do Ministério Público Estadual; 02 representantes da APLB- Sindicato; e 01 representante do Conselho Municipal de Educação.

Mesmo ciente da legalidade do Decreto Nº 8.205 que define o reordenamento da carga horária dos professores para o cumprimento das 13h20 (16 aulas) em uma carga horária de 20h, determinadas pela Lei Nº 11.738, o prefeito concordou com a realização provisória de 11h66 (14 aulas) até o final do mês de fevereiro, tempo em que a Comissão apresentará seu parecer. Caso o parecer da Comissão ateste a inclusão de todos os professores efetivos nas unidades de ensino, passará então a prevalecer o Decreto Nº 8.205 com a carga horária de 13h20 (16 aulas).

Colégio no Estela Reis, nesta terça-feira

Veja + Notícias/Geral
POLÍTICA

Previdência: Maia reúne "tropa" para anular reforma do presidente Jair Bolsonaro e retomar antigo texto
Conforme apurada pelo Bahia Notícias, a intenção de uma reunião urgente é para ignorar a proposta da reforma da Previdência enviada pelo presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), e reapresentar o texto feito pelo deputado federal baiano, Arthur Maia (DEM), antigo relator da reforma na Câmara.