Bahia, 18 de Fevereiro de 2018
Por: Secom Eunápolis
19/01/2018 - 09:48:47

Alunos dos conjuntos habitacionais Paquetá e Arnaldão que ainda não foram matriculados nas escolas municipais, poderão fazê-lo desde já no CEMEI do Alecrim I e na Escola Paulo Freire. Eles freqüentarão aulas nos dois anexos da Paulo Freire, no próprio CEMEI I e em duas novas unidades que passam a integrar a rede municipal de ensino de Eunápolis. As matrículas vão até o dia 2 de fevereiro e para efetivá-las os país ou responsáveis pelos alunos devem providenciar os documentos de praxe.

Nas duas escolas (Paulo Freire e CEMEI do Alecrim I) devem ser matriculados os alunos da educação infantil/pré-escola e os do 1º ao 9º ano que residem na região da Avenida Alcides Lacerda, antiga Estrada do Alecrim e adjacências. Já os que residem naquela região e que já são matriculados em escolas do Juca Rosa e Rosa Neto terão suporte logístico da administração municipal com a manutenção do transporte escolar.

NOVO CONTINGENTE – Com a inauguração de dois novos conjuntos habitacionais naquela região (Paquetá com 500 moradias e Arnaldão com 1.200 unidades), surgiu um novo contingente de alunos para a rede municipal de ensino, os quais precisavam de uma destinação escolar que fosse próxima aos dois bairros.

Para atender a esse novo grupo de alunos, através da Secretaria de Educação, a Prefeitura de Eunápolis está ativando duas novas unidades escolares. A primeira é um prédio simbólico da região do Alecrim: trata-se da unidade onde funcionou o colégio interno da Associação Menino Jesus, pertencente à Igreja Católica e que deve abrigar até 600 alunos. A segunda é uma unidade situada no Arnaldão, em um contexto com quadra esportiva e parque infantil, com potencial para abrigar até 280 alunos.

Em ambos os casos as unidades entram em fase de atualização física de suas estruturas para recepcionar sem pendências os alunos em 19 de fevereiro, data prevista para o início das aulas na rede municipal.

Em visita técnica a escolas daquela região nesta quinta-feira (18/01), acompanhada de engenheiros da Prefeitura e da coordenadora pedagógica July Reis Abalem Grama, a Secretária de Educação, Cultura e Esporte Maureen Lacerda, explicou como funcionará essa expansão, adiantando que o prefeito em exercício Flávio Baiôco determinou prioridade absoluta à alocação do espaço e às respectivas obras de adequação.

O prédio onde funcionou a Menino Jesus fica em local estratégico do Alecrim I, entre os dois conjuntos habitacionais, tem 15 salas de aula, amplos banheiros, cozinha e refeitório, área de recreação, biblioteca, além de dependências administrativas e de coordenação pedagógica. A unidade situada no Arnaldão, tem 4 salas de aula, banheiros, dependências administrativas, uma quadra esportiva e um parque infantil anexos

Veja + Notícias/Geral