Bahia, 23 de Novembro de 2017
Por: Infomoney
18/10/2017 - 11:12:24

s multas de trânsito e outros débitos de veículos poderão ser pagas em cartão de débito ou crédito. A medida foi oficializada com a Resolução nº 697, do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), que foi publicada, nesta quarta-feira, no Diário Oficial da União.

Segundo o Contran, a ideia é reduzir a inadimplência relativa ao pagamento das multas de trânsito e outros débitos relativos aos veículos. No caso de pagamento com o cartão de crédito, o valor ainda poderá ser parcelado. 

"Antes dessa norma, alguns órgãos de trânsito adotaram o parcelamento das multas de trânsito diretamente por meio de documentos de arrecadação. Muitos proprietários de veículos buscavam o parcelamento como forma inicial de regulamentar a situação do veículo e obter o documento de licenciamento ou possibilidade de transferência, sem arcar com o compromisso de quitar as demais parcelas", explicou o diretor do Departamento Nacional de Trânsito e presidente do Contran, Elmer Vicenzi.

Apesar de facilitar a vida dos motoristas, a medida ainda precisa ser regulamentada pelo Departamento de Trânsito do Estado do Rio de Janeiro (Detran-RJ).

Procurado pelo DIA, o Detran informou que  já permite o parcelamento há anos, em até 12 vezes, e ressaltou que os juros correspondem à taxa Selic acrescida de 1% ao mês, segundo norma do Departamento Nacional de Trânsito e atualmente é feito na função débito.

Já a Polícia Rodoviária Federal (PRF), disse que a mudança não é automática e está condicionada ao interesse do órgão e informou também que aguarda posicionamento de Brasília sobre a medida. Ainda de acordo com a PRF, a contratação ou credenciamento da instituição que fará a cobrança.

Veja + Notícias/Geral