Bahia, 15 de Julho de 2019
Por: A Gazeta Bahia
11/04/2019 - 08:59:49

No próximo dia 12 de maio, o município de Eunápolis completa 31 anos de Emancipação Política. Conforme informações do secretário de Governo, Lourenço Oliveira, a programação voltada para as festividades, já se encontra pronta, faltando apenas detalhes e trâmites finais, para a contrações de bandas e serviços.

Apesar de pouco tempo de fundação, o município se destaca na Bahia e na região, em termos de arrecadação, ficando também, entre os mais produtivos do Estado, alargando atividades no agronegócio, pecuária e no comércio.

É notório que faltam indústrias, como fonte geradora de emprego e renda. Os esforços do Governo do Estado são pífios e pouco têm contribuído para a implantação de indústrias diversas, como vestuário, calçados, acessórios, gêneros alimentícios, imobiliário e outros.

O polo industrial do município, hoje, está sendo destruído pelo descaso governamental. Outro setor que deveria ter incentivo, é a indústria de móveis. O município perde muito com a não atividade madeireira, apesar da grande oferta. Outro fato que merece ser discutido é a falta de industrialização das frutas.

Existem dados, que o município eunapolitano tenha arrecadado mais que Teixeira de Freitas e Porto Seguro. O comércio é o grande pilar da economia local.

O número de empresas que se instalaram no município recentemente, foi maior do que as que pediram baixa.

Outro setor que tem se mantido, é o da construção civil. Com grande número de obras praticadas, que se espalham por toda cidade.

Hoje, Eunápolis tem 70 mil imóveis, conforme dados oficiais, após o georreferenciamento nesta localidade.

As empresas e departamento que estão instaladas na cidade, estão bem posicionadas nos rankings internos das redes, uma demonstração, de que mesmo com a economia fragmentada em todo Brasil, o município de Eunápolis, ainda é visto como um bom lugar para se morar e investir.

Por outro lado, merece destaque, a gestão municipal, que conduz os destinos do município de forma transparente, investindo mensalmente mais de R$ 14 milhões no comércio, com isso, fortalecendo a economia local.

Veja + Notícias/Geral