Bahia, 19 de Novembro de 2018
Por: A Gazeta Bahia e Bahianoticias
05/11/2018 - 09:32:33

O governador Rui Costa, um dos mais ferrenhos adversários de Jair Bolsonaro no primeiro e segundo turno das eleições, poderá ter dificuldades junto ao Governo Federal, a partir do próximo ano.

A ala do PT no Estado é uma das mais radicais do Nordeste. Isso, poderá comprometer interesses socioeconômicos.

 Evitando falar sobre política, Rui Costa deve estar refletindo e buscando meios para não ficar isolado, fato que já ocorre no governo Temer.

O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) só obteve maioria de votos em apenas quatro municípios baianos: Luís Eduardo Magalhães, Teixeira de Freitas, Itapetinga e Buerarema. Nas outras 413 cidades Fernando Haddad (PT) venceu nas urnas, na maioria com mais de 60% dos votos válidos.

Em Buerarema, o novo presidente da República recebeu votos de 55,26% dos eleitores, contra 44,74% do petista.

O candidato do PSL foi opção para 53,69% dos itapetinguenses, enquanto 46,31% dos munícipes votaram em Haddad.

Em Teixeira de Freitas, a disputa foi acirrada. A diferença entre o presidente eleito e o candidato derrotado foi de pouco mais de 1.300 eleitores. Bolsonaro ficou com 50,97% dos votos válidos e Haddad com 49,03%.

Nas quatro cidades, o capitão reformado também venceu no primeiro turno. No entanto, duas cidades que registraram a vitória de Bolsonaro na primeira fase das eleições mudaram o placar. Itabuna deu 51,31% para Haddad neste domingo (28) e Ilhéus ultrapassou o percentual de 60% de apoio ao petista.

Veja + Notícias/Geral
GOVERNO

O presidente eleitor, Jair Bolsonaro diz que soberania e leis do Brasil devem ser respeitadas
Em meio a reações como a do governo cubano que decidiu suspender a parceira com o Programa Mais Médicos, o presidente eleito Jair Bolsonaro voltou a defender hoje (19) a manutenção dos valores e princípios brasileiros. Numa rede social, ele disse que o país vai manter as boas relações [diplomáticas], mas exigirá respeito à sua soberania.