Bahia, 15 de Dezembro de 2018
Por: A Gazeta Bahia
11/10/2018 - 09:36:26

O transporte público de passageiros na cidade de Eunápolis está com os dias contados e pode deixar de existir a qualquer momento, a empresa que faz o transporte de passageiros está rodando com ônibus praticamente vazios das 4:50 às 23:30. Imaginem os custos operacionais para colocar um ônibus nas ruas durante 20 horas por dia, consumindo combustível com quatro trabalhadores e outros encargos, ao somar as passagens arrecadadas não cobrem nem as despesas.
Outro dado vergonhoso é o transporte gratuito de 57 mil passageiros por mês que incluem deficientes, idosos, policiais, meia passagem para alunos, e outros. A empresa de transporte público é obrigada a rodar com passageiro ou não.
Além de transportar 57 mil gratuidades por mês, o transporte público de Eunápolis está sendo encurralado por cerca de 120 veículos que fazem o transporte clandestino de passageiros, dividido entre 80 táxis clandestinos e 40 veículos chapas cinzas. Com chaves do carro nas mãos motoristas do transporte clandestino arrancam os clientes dos ônibus numa prática ilegal à vista das autoridades públicas.
Em Eunápolis, para conseguir seus passageiros os motoristas vão ate os pontos dos ônibus reunindo clientes que completam suas lotações, cobrando R$ 3,00.
Dezenas de táxis clandestinos criaram uma plataforma no final da avenida Joana Angélica, no centro da cidade de onde partem para os mais diversos locais da cidade.
O superintende de Trânsito,Wily Rafner explicou que não tem condições de fiscalizar, por falta de agentes suficientes para fazer as abordagens, e despomos apenas de um policial militar.
Resaltou ainda que é dificil combater essa situação gerada por governos anteriores. A fiscalização está sendo falha e não coíbe o transporte clandestino oferecido por táxis que fazem o serviço fora dos pontos, prejudicando também taxistas que estão em seus pontos definidos por lei, em vários locais da cidade.


A Gazeta Bahia: Cerca de 80 táxis clandestinos fazem o transporte passagerios em Eunápolis. 

 

 

Veja + Notícias/Geral