Bahia, 18 de Outubro de 2018
Por: A Gazeta Bahia
17/05/2018 - 15:17:50

Colaboradores do prefeito de Eunápolis, Robério Oliveira estão divididos quanto à realização do Pedrão 2018.

Alguns entendem que a festa gera custos enormes aos cofres municipais, justamente em um momento muito delicado em que vivem os municípios. Explicam que ainda existem entraves nas licitações, e que precisam ser destravadas. Outra questão, é a prioridade das obras públicas e serviços essenciais para a população.

Outras correntes do governo defendem a realização do maior São Pedro do Brasil. Explicam que a festa está no calendário oficial e proporciona muitos dividendos para a economia local. Além de elevar o nome do município nacionalmente.

As diversas correntes têm opiniões diferentes. As oposições são contra a Prefeitura realizar o Pedrão. Isso é praxe.

Quanto às entidades, essas, são peças fragilizadas, com posturas discretas e insossas.

Caberá ao prefeito refletir e observar se pode mesmo realizar o evento.

As opiniões que se interpõem à realização do Pedrão, talvez, não entendem que Eunápolis precisa sair das amarras das ideias inconsistentes e improdutivas, que beiram a imbecilidade.

Acreditamos que a população quer a festa. Outras cidades estão firmes na continuidade de suas culturas... basta um vago olhar.

Veja + Notícias/Geral