Bahia, 14 de Dezembro de 2017
Por: Jackson Domiciano
01/12/2017 - 10:49:09

É vergonhosa a situação que predomina no setor de Comunicação da Prefeitura Municipal de Eunápolis. Uma grande atrapalhada deixou este segmento sem recursos para contratar serviços por parte dos veículos de comunicação, e outros trabalhos dentro do segmento.

Segundo prepostos da Comunicação, lotados no Gabinete da Prefeitura, os recursos destinados para comunicação acabaram desde o mês de setembro, acarretando prejuízos para os veículos e outros prestadores de serviços. O argumento por parte do prefeito afastado, Robério Oliveira, é de que não havia mais recursos para contratação de serviços de mídia e propaganda, o argumento era de que uma nova licitação seria realizada. A questão ficou travada e sem solução.

Esse descuido por parte da Prefeitura causou fragmentação e prejuízos nos meios de comunicação.

A falta de recuso para investimento na área é um grave problema para o município. Vale ressaltar que a falta de responsabilidade do setor público tem provocado descontentamento por parte dos profissionais de imprensa.

Sem essa ferramenta, a sociedade fica sem as devidas informações, criando uma falsa sensação, que não é benéfica para ninguém.

É importante frisar que, por falta de atenção, os recursos dentro do orçamento para os setores de comunicação sempre foram pequenos e minguados.

Isso demonstra falta de respeito com o setor, provocando consequências negativas.

Deste o mês de setembro, os veículos de comunicação têm enfrentado problemas com as agências de publicidade, que sem recursos passam enfrentar desafios com os veículos e prestadores de serviços.

Diante desse novo paradigma, as prefeituras precisam nortear as secretarias de comunicação, e tratar os profissionais da área com mais respeito e critério.

Veja + Notícias/Geral